No ar, Santaluz FM

No dia 18 de julho de 1998, os moradores do município de Santa luz, localizado a 258 quilômetros de Salvador, puderam ouvir um conteúdo diferente ao sintonizarem a frequência 104,9 Mhz no rádio. A data marca o início do funcionamento da Rádio Comunitária Santaluz FM.

Os movimentos sindicais e as associações da região queriam criar um veículo em que pudessem debater os problemas do município sem sofrer censura por parte dos governantes, a rádio nasceu para suprir esta necessidade e tinha como objetivo principal oferecer aos moradores um canal inteiramente dedicado a eles, dando oportunidade para a divulgação de suas ideias, manifestações culturais, tradições e hábitos sociais.

Além disso, a rádio tinha uma tarefa especial: denunciar os casos de exploração do trabalho infantil, tão comuns na região sisaleira, contribuindo assim para o fortalecimento do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), que foi implantado na cidade de Santaluz no mesmo ano em que o veículo foi criado.

Porém, apesar de ter propostas importantes para a comunidade em geral, não foi fácil manter o veículo de comunicação funcionando. No começo, as principais dificuldades eram a falta de conhecimento dos fundadores sobre como fazer comunicação comunitária e os problemas de ordem financeira, que impediam a compra de equipamentos. “Inicialmente, a ideia era trazer duas pessoas que trabalhavam com sistema de auto-falante e capacitá-las para trabalhar na rádio. Foi assim que eu fui selecionado e estou aqui até hoje”, pontua Edisvânio Nascimento, atual diretor executivo do veículo.

Além disso, quando estes desafios foram superados, a perseguição que o veículo sofreu por parte da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), transformou-se no principal empecilho para o seu funcionamento. A Anatel fechou a rádio oito vezes. Segundo Nascimento, os representantes da rádio responderam por três vezes processos na Polícia Federal, que hoje estão arquivados.

Apesar destas situações, o trabalho da Rádio Comunitária Santaluz continuou e foi reconhecido por importantes instituições da área da comunicação, especialmente por conta da produção contínua de matérias que contribuíram para a discussão de políticas públicas dirigidas à população infanto-juvenil da região do sisal. Entre as principais conquistas estão os prêmios: “Infância na Mídia Bahia e Sergipe”, concedido ao locutor e diretor da rádio Edisvânio Nascimento, pela ANDI – Comunicação e Direitos, em 2000; “Rádio Destaque do Território do Sisal”, em 2003, pelo reconhecimento do MOC (Movimento de Organização Comunitária) ao trabalho voltado à valorização da juventude do território sisaleiro; título de Jornalista Amigo da Criança, também concedido pela ANDI a Edisvânio Nascimento, em 2007.

Diante do reconhecimento pelos trabalhos prestados, em 2008, portanto 10 anos depois de sua criação, a Anatel autorizou o funcionamento da Rádio Comunitária Santa Luz.

Nestes 14 anos de história o veículo não auxiliou apenas na democratização da comunicação e no fortalecimento da cidadania. “Ajudamos a fundar a Agência Mandacaru de Comunicação e Cultura, na implantação do Conselho Regional do Território do Sisal, além de contribuir para trazer o curso de Comunicação Social com ênfase e Rádio e TV, da Universidade do Estado da Bahia, para Conceição do Coité”, enfatiza Nascimento.

De acordo com o presidente da rádio, João Garcia da Mota, as dificuldades ainda existem: “ainda hoje enfrentamos problemas, principalmente relativos à própria legislação da rádio comunitária, que impede que tenhamos patrocínio”. Mas a Rádio Comunitária Santaluz segue firme em sua missão, mostrando que é possível unir comunicação e responsabilidade social.

* Ana Paula Lima é estudante de jornalismo da Facom-UFBA e integrante da ACC Comunicação, Democracia e Cidadania.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: